Tag: Europa

Bate e volta de Lisboa: Castelo de Palmela e Cristo Rei!

Hoje o passeio é dois em um: Cristo Rei Lisboa e Castelo de Palmela. Portugal é cheio de surpresas e mesmo aqui, bem próximo à Lisboa, tem muito o que ver! Assim, num sábado de tempo meio estranho, peguei Mr. Grey e atravessei o Rio Tejo rumo à Palmela, para ver o Castelo que sempre vi da estrada mas nunca tinha ido visitar!

Castelo de Palmela

Castelo de Palmela, Lisboa, Portugal

Palmela é uma vila que fica a aproximadamente 40 km de Lisboa, no caminho para a região das praias da Arrábida, onde ficam as praias incríveis Ribeira do Cavalo e Galapinhos. O acesso de carro é fácil e bem sinalizado, demora por volta de 40 minutos.

Castelo de Palmela, Lisboa, Portugal

A vista 360º do Castelo de Palmela e algumas escavações!

A história do local é bem antiga: estudos mostram que por volta do ano 300 a.C. já havia habitantes por ali. O Castelo de Palmela veio bem mais tarde, por volta do século VIII, e durante muitos séculos o local foi disputado entre mulçumanos e cristãos.

Castelo de Palmela, Lisboa, Portugal

Vistas incríveis das janelas do Castelo de Palmela

O local é um excelente ponto de observação e consequentemente, de proteção de territórios. Lá de cima é possível ver o Rio Tejo e o Rio Sado (onde tem os golfinhos em Setúbal).

Castelo de Palmela, Lisboa, Portugal

Atualmente é possível visitar a igreja e uma parte do castelo que continua de pé, assim como algumas escavações que mostram toda a importância histórica do local.

Castelo de Palmela, Lisboa, Portugal

No pátio com vista 360º, tem algumas lojinhas e um café. Se o tempo estiver bom, vale ficar um tempo ali apreciando a vista! O melhor? A entrada é grátis!

Castelo de Palmela, Lisboa, Portugal

A torre da igreja e o prédio onde fica a pousada.

No local ainda funciona uma pousada, que também deve contar com vistas incríveis! Dica extra: café Culto, bem em frente ao Castelo de Palmela. Tem umas bruschettas deliciosas e uma ótima vista também!

Castelo de Palmela, Lisboa, Portugal

Cristo Rei Lisboa

Na volta, aproveitei que já estava na Margem Sul para ir até o Cristo Rei Lisboa, que oferece a melhor vista da cidade! Importante dizer que o Cristo Rei fica em Almada, fora de Lisboa e atualmente funciona como um santuário.

Cristo Rei Lisboa

O Cristo Rei é uma cópia do Cristo Redentor, do Rio de Janeiro, e dizem que nasceu da promessa de um padre que visitou o Rio e queria construir uma estátua igual em Lisboa. O padre prometeu que se Portugal se mantivesse neutro na segunda Guerra Mundial, iria mandar construir uma estátua, e assim foi. O Cristo Rei é menor do que o Cristo Redentor: tem 28 metros de altura enquanto seu irmão carioca tem 38m. Em comum, os dois oferecem uma bela vista sobre cidades incríveis!

Cristo Rei Lisboa

Do Cristo Rei de Lisboa, é possível ver toda Lisboa, incluindo pontos importantes como a Ponte 25 de abril (que lembra a Golden Gate em São Francisco, EUA) e a Praça do Comércio. Em dias de sol, a vista é realmente impressionante! Mas se prepare: o vento ali nunca dá trégua, então uma blusinha é sempre bem vinda. Dá para subir efetivamente no Cristo (custa 6€), mas eu acho q vista do estacionamento tão bonita que nunca fiz questão de subir…

Gostaram de mais esse bate volta de Lisboa pelo Cristo Rei Lisboa e Castelo de Palmela?

Se inscrevam no canal do Trend Tips no Youtube para assistirem antes aos vídeos! ;)

Quinta da Florência: para relaxar a conhecer a Serra da Estrela!

Há alguns dias, fui passar um fim de semana num hotel na Serra da Estrela. Hotel não, melhor que isso: uma quinta, a Quinta da Florência! Quinta aqui em Portugal é o que chamamos de sítio ou chácara no Brasil: casa (ou casas) num terreno grande com muito o que explorar e rodeado de natureza. Lugar perfeito para relaxar e entrar em contato com a natureza!

Luli Monteleone Serra da Estrela

Caminhando pela Quinta da Florência

Hotel na Serra da Estrela

A região da Serra da Estrela é cheia de coisas incríveis para explorar, durante o ano todo. Praias fluviais, Parques naturais, Aldeias Históricas e muito mais que mostrei no post sobre a Serra da Estrela no verão. Na hora de procurar um Hotel na Serra da Estrela, é importante escolher bem a localização. A Quinta da Florência é uma excelente opção de hospedagem na região, por ficar próximo à muitos destes atrativos.

Quinta da Florência Quinta da Florência

Hotel na Serra da Estrela

Paredes históricas!!!

Um hotel na Serra da Estrela cheio de tranquilidade e história! Acredita-se que a quinta tenha sido construída no século XVII e daí vem as paredes de pedra da casa principal.

Hotel na Serra da Estrela

Obviamente, todo o espaço foi renovado e oferece todo o conforto possível: wi-fi,  aquecimento e ar condicionado, cozinhas totalmente equipadas e uma decoração lindinha. Tudo ali tem um pouco de história: as paredes centenárias até os móveis – alguns eram da avó da proprietária!

Hotel na Serra da Estrela

A Quinta da Florência conta com 3 casas: a sede (onde é servido o café da manhã), Casa Grande (onde fiquei hospedada) e a Casa do Lago (que antigamente serviam como as cavalariças do lugar). É possível alugar somente um quarto ou as casas inteiras, uma ótima opção para quem quer passar uns dias relaxando com famílias ou amigos!

Hotel na Serra da Estrela

O local ainda conta com um forno de pedra, uma piscina delícia para dias de calor e uma grande área verde, com pomar e até um Olival. É dali que saem as azeitonas e as compotas servidas no café da manhã!

Hotel na Serra da Estrela

Falando nisso, o dia na Quinta da Florência começa bem: pães, queijos e várias opções de compotas produzidas localmente.

Hotel na Serra da Estrela

Aliás, o queijo Serra da Estrela nunca falta: é comprado diretamente de produtores locais e justamente por isso está sempre fresco (e delicioso). E tudo pode ser saboreado com a maior tranquilidade, aproveitando a vista para a piscina e para a natureza!

Hotel na Serra da Estrela

Breakfest with a view!

Hospedagem na Serra da Estrela: Quinta da Florência

Nada disso acima teria a mínima importância se não fosse por um ponto crucial na Quinta da Florência: os proprietários: Roberto e Nucha. Ele, brasileiro, ela portuguesa, moraram um tempo lá no Brasil e depois voltaram para cá e decidiram abrir a quinta que era da mãe dela para receber turistas como se fosse a nossa casa.

Hotel na Serra da Estrela

Com Roberto e Nucha, proprietários que te recebem como se você fosse da família!

O cuidado está em todos os detalhes: na decoração, no café da manhã, nas dicas do que fazer na região, nas histórias contadas… Eles são uns queridos, e farão você se sentir em casa já nos primeiros minutos de hospedagem. Foi difícil deixar a Quinta da Florência e voltar para Lisboa, justamente por conta da recepção do Roberto e da Nucha!

Agora quero voltar no inverno para curtir a Serra da Estrela com neve!

Fiquei hospedada na Quinta da Florência à convite do local, mas a a minha opinião e experiências são independentes e totalmente pessoais.

7 Coisas para fazer na Serra da Estrela no verão!

Mês passado tive a oportunidade de conhecer a Serra da Estrela no Verão! à Convite da Quinta da Florência, passei um fim de semana delicioso nesse local que é um destino típico de inverno, já que é o único ponto de Portugal que neva.

Serra da Estrela no Verão

Serra da Estrela no Verão

A torre da Serra da Estrela, o ponto mais alto de Portugal Continental.

A Serra da Estrela é o ponto mais alto de Portugal continental e é ali que fica a única estação de esqui do país. Assim, muita gente se interessa em ir para a região nos meses mais frios, para aproveitar a paisagem branquinha, mas o local oferece muito para se fazer também no calor!

Teleférico Serra da Estrela

Teleférico da Serra da Estrela durante o verão

7 Coisas para fazer na Serra da Estrela no Verão:

Serra da Estrela no verão - Turismo em Portugal

Uma das muitas paisagens da Serra da Estrela!

      1. 1 – Parque Natural Serra da Estrela

        A Serra da Estrela é lindíssima e pode ser explorada de diversas maneiras: carro, bike, a pé e até a cavalo… No caminho você irá encontrar paisagens deslumbrantes, com lagos, barragens e rios, além de toda a natureza te rodeando.                              Serra da Estrela no Verão Ao chegar ao topo, onde fica a Torre da Serra da Estrela, você se sentirá o próprio do mundo! É maravilhoso!!!

        Aldeia de Xisto Piódão

        Piódão escondida no meio das montanhas verdes!

      2. 2 – Aldeias Históricas

        Se tinha um lugar que eu morria de vontade de conhecer aqui em Portugal, esse lugar era Piódão, uma Aldeia de Xisto.

        Piódão - Aldeia Histórica

        Casas de xisto e suas portas azuis, típicas de Piódão!

        Não me decepcionei: o local é minúsculo e parece saído de um conto de fadas! Esta região tem várias Aldeias Históricas: uma mais fofa que a outra. É uma delícia ir descobrindo várias delas a cada curva!

      3. 3 – Praias Fluviais

        Não basta parecer um conto de fadas, algumas Aldeias históricas ainda tem praias fluviais! Dá para admirar a beleza local enquanto se refresca no rio.

        Foz d'Égua - Piódão

        Foz d’Égua: uma aldeia histórica com uma praia fluvial!

        A região da Serra da Estrela ainda tem lagos (alguns são glaciares, então deve ser ~só um pouquinho~ gelado! rs) e outras praias fluviais, ótimas para esportes de água ou só aproveitar o dia relaxando!

        Queijo Serra da Estrela

        O típico e delicioso Queijo Serra da Estrela!

      4. 4 – Culinária Local

        O queijo Serra da Estrela é um dos mais famosos daqui de Portugal e vale muito a pena provar todas as suas variações.

        Serra da Estrela no Verão

        Roberto e Nucha, da Quinta da Florência, e a chef premiada Cristina.

        Almocei no Restaurante Cristina, de uma chef premiada aqui e olha, a comida estava maravilhosa! Fora a simpatia da própria Cristina e de todos os funcionários. Voltarei com certeza!

        Serra da Estrela no Verão

        Estação de trem / comboio de Nelas e um belíssimo por do sol!

      5. 5 – Festas Locais

        É no verão que acontecem as festas regionais, que podem ser super variadas e costumam acontecer todos os fins de semana, basta se informar com alguém da sua hospedagem ou com os locais.

        Serra da Estrela no Verão

        Amando a bolsinha para carregar a taça na Festa do Vinho do Dão!

        Quando fui peguei a Festa do Vinho do Dão, onde pude degustar dezenas de vinhos da região! A festa oferecia muito mais que isso: música, comidas e até uma super produção de teatro!

        Monumento Megalítico em Coimbra

        Monumento Megalítico na região da Serra da Estrela.

      6. 6 – Monumento Megalíticos

        Já mostrei para vocês alguns monumentos parecidos nos posts de turismo em Évora, mas na região da Serra da Estrela dá para encontrar vários! Visitei a Anta da Cavada, que tem mais de 6 mil anos de história, mas a lista ali na região é enorme, como você pode ver na Wikipedia.

        Monumento Megalítico em Coimbra

        Anta da Cavada, monumento megalítico no distrito de Coimbra.

        Os mais conhecidos o GPS acha, mas se quiser ir em algum específico, conte com a ajuda dos locais!

        Serra da Estrela no Verão

        Quinta da Florência, onde me hospedei na Serra da Estrela

      7. 7 – Se hospedar numa Quinta

        Quinta aqui em Portugal nada mais é que um sítio ou Chácara. Existem muuuitas Quintas espalhadas pelo país que recebem hóspedes e cada uma tem seu estilo. No geral, são casa enormes, que você pode alugar um quarto ou a casa toda e ser recebido pelos próprios donos que farão você se sentir em casa.

        Serra da Estrela no verão - Turismo em Portugal

        Pera direto do pé na Quinta da Florência!

        Claro que você pode fazer isso também no inverno, mas só no verão vai ser possível comer frutas direto do pé, tomar sol, andar descalça na grama, aproveitar a piscina… Recomendo de olhos fechados a Quinta da Florência, onde você será recebido como se fosse da família! Ainda farei post completo sobre o local, fiquei apaixonada!

Depois de me encantar com a Serra da Estrela no verão, agora tenho que ir pra lá no inverno, tentar a sorte no ski! rs

Acompanhe as minhas viagens pelo instagram: @TrendTips!

Fui para Serra da Estrela no Verão à convite da Quinta da Florência.

Look da Luli: Setembro!

Setembro veio parecendo outono, com um ventinho gelado, mas ainda tivemos alguns looks de verão!

O mês começou com um fim de semana na Serra da estrela, o ponto mais alto de Portugal continental! Regata H&M, calça Renner e tênis Adidas.

Looks de Verão

De volta às 7 colinas de Lisboa: camisa jeans e tênis Primark, saia Zara, bolsa Coach.

Descabelada como sempre… Vestido Mango, tênis Primark.

Caminho de todo dia! Saia Zara, t-shirt Lefties, tênis de oncinha Adidas.

Looks de Verão

Pose Pin Up para combinar com o cenário! Saia Zara, blusa Juliana Jabour, tênis holográfico Primark.

Domingo de praia e look de verão!!! Saia C&A, t-shirt Mango, chinelos Havaianas.

Looks de Verão

Semana de friozinho! Malha Tommy Hilfiger, saia Zaful, tênis Primark.

Pronto, fui obrigada a tirar minha jaqueta de couro do armário… Jaqueta e Saia Mango, t-shirt Tokidoki, tênis Adidas.

Dia de celebrar!!! Jaqueta jeans Levis, blusa Mango, saia Zara, botas H&M.

looks-de-verao-turismo-europa

Muito turismo em Lisboa, enquanto vou e volto do trabalho! rs Saia Zara, camisa Stradivarius, tênis Primark.

No Mosteiro dos Jerónimos: jaqueta e camiseta Mango, calça H&M, tênis Adidas.

O look que usei para passear de barco e ver os golfinhos em Setúbal! Jaqueta jeans Levis, Vestido Mango.

Looks de Verão

E dá-lhe colina nessa cidade… Para o coquetel na loja Casa Pau-Brasil, fui de saia C&A, blazer Stella McCartney, t-shirt Threadless, botas H&M.

Esperando o busão… Saia Antix, camisa Guess, jaqueta Levis, botas vermelhas Santa Lolla.

Visitando a corte real durante a abertura noturna do Palácio Nacional de Queluz! Malha de Pôneis e jeans H&M, tênis primark.

Looks de Verão

De volta ao look de verão! Jaqueta jeans bordada H&M, vestido vintage Shareen Vintage NY, tênis Primark.

Variações sobre o mesmo tema! rs Jaqueta jeans Levis, saia Zara, t-shirt Primark, tênis Adidas.

Aquela briga diária com o vento… T-shirt e tênis Primark, saia Coolcat.

Curtiram os últimos looks de verão deste ano?

Para ver todos os Looks da Luli ao vivo, é só me seguir no instagram: @TrendTips!

Como era a vida na Corte? Palácio de Queluz à noite!

Hoje vamos visitar o Palácio Nacional de Queluz à noite! Uma vez por ano, os Parques de Sintra (que administram o palácio) abrem as portas do local depois que o sol se põe para uma noite inesquecível!

Palácio Nacional de Queluz

Construído em 1774 por D. Pedro III, o Palácio Nacional de Queluz foi concebido como uma residência de verão da família real.

Palácio Nacional de Queluz

No entanto, a família real morou aqui por 13 anos antes de partir para o Brasil, e D. Pedro ( IV aqui em Portugal, I no Brasil) morou quando era príncipe regente e depois de voltar do Brasil.

Palácio Nacional de Queluz

Sendo recebida pela corte!

Abertura Noturna do Palácio de Queluz

Quando consegui os bilhetes para a Abertura Noturna do Palácio Nacional de Queluz, já estava radiante só pelo fato de ver o local à noite, com os lustres acesos, dando outro clima aos ambientes. Mal eu sabia que a experiência seria mil vezes mais incrível que isso!

Palácio Nacional de Queluz

Durante este evento, o Palácio ganha vida com atuações de artistas mostrando como era a vida na corte. Figurino, make up, cabelos, música, dança, brincadeiras… Tudo é relembrado aos pormenores!

Palácio Nacional de Queluz

Fiquei encantada por tudo: pela música incrível (tinha até harpa!), pelas danças da época, pelas brincadeiras… O que mais me encantou foi que os artistas não saem dos personagens e ainda sabem muito sobre a história do local e da época! Conversei muito com eles, aprendi e me diverti muito!

Você realmente vive a corte, como se tivesse viajado no tempo… Um verdadeiro paraíso para os amantes de história!

Palácio Nacional de Queluz

Fazendo um lanchinho com meus amigos da realeza!

Palácio Nacional de Queluz – Como Visitar

Visitar o Palácio de Queluz à noite é grátis: basta entrar no site dos Parques de Sintra e se cadastrar. No entanto, você tem que ser rápido, pois os bilhetes são poucos (apenas 2800) e esgotam em questão de minutos! Eu sempre fico de olho na fan page para saber quando abrem as inscrições!

Palácio Nacional de Queluz

Já tem post também do Palácio de Queluz durante o dia, incluindo os lindos jardins. Imperdível!

Se inscrevam no canal do Trend Tips no Youtube para assistirem antes aos vídeos! ;)