Tag: Barcelona

Parc de la Ciutadella – o parque queridinho de Barcelona!

Bora passear pelo Parc de La Ciutadella, parque mais famosos de Barcelona?

Parc de Parc de La Ciutadella – Barcelona

O parque mais famoso e mais queridinho de Barcelona tem uma história longa e conturbada: construído pelo rei Felipe V, por 150 anos atuou uma fortaleza para controlar os cidadãos. Depois da guerra foi devolvido à cidade e no final do século XIX ainda abrigou a Exposição Universal de 1888.

Parc de La Ciutadella, Barcelona

 

O que ver no Parc de Ciutadella

Atualmente, além dos diversos jardins, que os barcelonetas usam e abusam, o Parc de La Ciutadella tem várias atrações. O Zoológico da cidade fica por lá, assim como o Parlamento de Barcelona.

Parc de La Ciutadella, Barcelona

Passeando pelo local, ainda dá para ver um belo lago com uma cascata, construído para a Expo. Dizem que Gaudí, ainda muito novo, trabalhou em alguns elementos ornamentais da cascata, como as pedras e peças em ferro.

Parc de La Ciutadella, Barcelona

O Castell dels Tres Dragons marca o começo do movimento modernista em Barcelona – foi construído pelo arquiteto Domènech i Montaner e durante a expo de 1888, foi o restaurante.

Parc de La Ciutadella, Barcelona

Arc de Triomf – Barcelona

Parc de La Ciutadella, Barcelona

Do lado de fora de parque, fica também outro monumento bem famoso de Barcelona: Arc de Triomf! Também construído para a Exposição de 1888, funcionava como a porta de entrada do evento e virou um grande símbolo da cidade até os dias de hoje!

Parc de La Ciutadella, Barcelona

Como viram, o Parc de La Ciutadella é cheio de coisas bacanas para ver e fazer. No dia que fui, estava frio, mas um sol bem forte e os barcelonetas estavam em peso no parque: jogados na grama, correndo, andando de bike… Vale a pena reservar pelo menos uma tarde para passear por lá ou só se jogar na grama como um morador mesmo. Fiquei com vontade de voltar para fazer um picnic por lá! ;)

Acompanhe as minhas viagens pelo instagram: @TrendTips!

Sant Pau: uma obra impressionante do modernismo!

Nesta minha segunda vez de “turismo em Barcelona”, era obrigatório para mim ir ao Recinto Modernista de Sant Pau. O local é um antigo hospital, com vários pavilhões, todos construídos no estilo modernista!

 

Recinto Modernista Sant Pau

Assim, como a Torre Bellesguard, este local também tem suas raízes na era medieval: o primeiro hospital do local data de 1401!

Recinto Modernista de Sant Pau

No final do século XIX, com o crescimento da cidade de Barcelona, foi necessário criar um espaço maior para cuidar da saúde da população. Aí entra o arquiteto modernista Lluís Domènech i Montaner que foi responsável pela construção do espaço, entre 1902 e 1930.

Recinto Modernista de Sant Pau

São diversos pavilhões que originalmente tinham usos diferentes: enfermarias, salas de cirurgias, medicamentos etc. Hoje pode-se visitar apenas alguns na parte de dentro.

Recinto Modernista de Sant Pau

A maioria dos pavilhões são super parecidos: mudam apenas algumas cores dos mosaicos e outros pequenos detalhes. Mas isso não faz com que o local perca a graça, muito pelo contrário: é lindo ver tantos prédios modernistas juntos, combinando uns com os outros!

Recinto Modernista de Sant Pau

A área aberta entre os pavilhões é super bonita, cheias de plantas e árvores, que rendem belas fotos!

Recinto Modernista de Sant Pau

O prédio principal, bem na entrada, era onde funcionava a administração. Aqui, o modernismo “grita” em todos os detalhes: mosaicos e mais mosaicos, vitrais, e até uma janela com uma bela vista para a Sagrada Família!

Como é normal em construções art noveau, dá para passar horas observando e fotografando cada detalhe…

Recinto Modernista de Sant Pau

Olhem estes vitrais: como não amar??

Recinto Modernista de Sant Pau

Recinto Modernista de Sant Pau

Sant Pau – Como Visitar

Recinto Modernista de Sant Pau

Chegar ao Hospital Sant Pau é super fácil: basta descer na estação Sant Pau / Dos de Maig, na linha L5 do metrô.

Recinto Modernista de Sant Pau

Fui por conta própria num dia em que a entrada era gratuita, mas dá para comprar os bilhetes no site (€13) ou, se preferir, agendar uma visita guiada.

Recinto Modernista de Sant Pau

Como o local é aberto, recomendo a visita ao Recinto Modernista de Sant Pau num dia de sol (ou sem chuva, pelo menos), assim dá para aproveitar bem e tirar fotos lindas!

Acompanhe as minhas viagens pelo instagram: @TrendTips!

Torre Bellesguard – o segredo de Gaudí!

A Torre Bellesguard foi uma das grandes surpresas da minha última visita à Barcelona! Afastada dos principais pontos turísticos, ainda pouco conhecida, este local ainda não foi invadido pelos turistas, e se torna um ótimo “respiro” entre as atrações lotadas da cidade!

Torre Bellesguard – História

Torre Bellesguard de Gaudí!

Um dos segredos mais bem guardados de Barcelona, a Torre Bellesguard é completamente diferente de todas as outras obras de Gaudí, pois foi apenas “reformada” pelo arquiteto modernista. Foi construída entre 1900 e 1909, mas a história do local é muito mais antiga que isso…

Torre Bellesguard de Gaudí!

Em 1408, o rei Martin I, último monarca de Barcelona, mudou para lá, e ainda hoje é possível ver alguns pedaços desta construção medieval.

Torre Bellesguard de Gaudí!

Uma mistura de modernismo, com o gótico e traços medievais, esta é a única obra de Gaudí que conta com linhas retas, que restaram do estilo gótico e que o arquiteto quis preservar por conta da história da casa.

Torre Bellesguard de Gaudí!

Mosaicos e mais mosaicos!

Ainda assim, Gaudí colocou muito do seu trabalho ali: mosaicos, torre com cruz e grades em formas orgânicas estão ali, deixando claro quem foi o autor da casa!

Turismo em Barcelona: Torre Bellesguard

Torre Bellesguard de Gaudí!

São Jorge sempre presente!

A visita pela Torre Bellesguard começa pelo hall de entrada, já cheio de simbolismos: São Jorge está presente nos azulejos coloridos e também numa bela peça de metal, protegendo a casa. Depois, subimos pelas escadas, sempre admirando as peças de metal tão típicas de Gaudí.

Torre Bellesguard de Gaudí!

Arcos lindos!!!

No sótão, os arcos que Gaudí tanto gostava e usava, deixam o local ainda mais encantador. Lindo!

Torre Bellesguard de Gaudí!

Uma vibe meio Harry Potter! rs

Já lá em cima, na torre, uma vista de tirar o folêgo de Barcelona e claro, a cruz tão típica do arquiteto, revestida de mosaicos.

Torre Bellesguard de Gaudí!

A cruz vista de diferentes ângulos!

A surpresa mesmo fica para a construção, que na ponta lembra um dragão, outro símbolo que Gaudí sempre usava nas suas obras. Ameiiii!

Torre Bellesguard de Gaudí!

O Dragão de São Jorge!

Os jardins da Torre Bellesguard são uma delícia, e como não estão lotados, é possível sentir a paz do local e aproveitar ao máximo! Passei muito tempo por ali descansando e admirando a arquitetura…

Torre Bellesguard de Gaudí!

As grades torcidas de Gaudí!

Torre Bellesguard – Como Visitar

Torre Bellesguard de Gaudí!

Escadarias da Torre Bellesguard!

Dá para visitar a Torre Bellesguard com um tour guiado, oferecido aos sábados e domingos em inglês, espanhol e catalão. Se for lá durante a semana, contará com o áudio guia, que também explica cada detalhe da casa. Os dois tipos de tours estão incluídos no preço do bilhete. Os lugares são limitados, então é melhor reservar antes no site do local.

Torre Bellesguard – Como Chegar

Torre Bellesguard de Gaudí!

Afastada das principais atrações, a maneira mais fácil de chegar à Torre Bellesguard é de táxi mesmo. Até tem opção de metro + ônibus, mas acho que a complicação não vale a pena…

Torre Bellesguard de Gaudí!

Mosaicos até no jardim!

Eu adorei a Torre Bellesguard e apesar de ser um pouco afastada, recomendo muito a visita. É realmente muito diferente de tudo, vale a pena!

Acompanhe as minhas viagens pelo instagram: @TrendTips!

A visita à Torre Bellesguard foi oferecida pelo próprio local, mas a minha opinião e experiências são independentes e totalmente pessoais.

#GordinhaSafada em Barcelona: Jamón Experience!

Hoje o turismo em Barcelona é super #GordinhaSafada: Jamón Experience! O local, bem na Las Ramblas, em Barcelona, é um verdadeiro mergulho no Jamón Ibérico: tem museu, loja, restaurante, degustação… Uma paraíso para quem ama Jamón!

Museu Jamón Experience

Jamón Experience Barcelona

A visita é feita com áudio guia (disponível em diversas línguas) e dura por volta de uma hora. Tudo interativo, com projeções e explicações simples, para que todo mundo saia de lá entendendo tudo sobre o verdadeiro jamón ibérico!

Jamón Experience Barcelona

Degustação Jamón Experience

Depois de aprender como é feito o jamón ibérico, é hora de degustar! A degustação Jamón Experience Acompanhada de uma bebida à sua escolha, o guia vai explicando cada um dos jamóns, fazendo com que a gente realmente sinta a diferença entre eles. Difícil é escolher um favorito!

Jamón Experience Barcelona

Restaurante e Mirante Jamón Experience

Quem não puder ou não quiser ir no museu ou fazer a degustação, pode (e deve) aproveitar o restaurante do Jamón Experience. Super bem localizado, o espaço funciona como um mirante para Las Ramblas, todo envidraçado. Dá para almoçar, jantar, ou só petiscar mesmo enquanto observa o movimento de uma das ruas mais famosas de Barcelona. Tudo acompanhado do melhor jamón ibérico!

Já tinha ido lanchar no Jamón Experience na primeira visita à Barcelona, mas desta vez tive a oportunidade de aproveitar um menu completo! O jantar começou com um prato de entrada com queijos, enchidos e claro, jamón!

Jamón Experience Barcelona

Entrada com vista para Las Ramblas!

Como prato principal, veio carne de porco grelhada acompanhada de croquete, aspargos e omelete. Confesso que carne de porco não é das minhas preferidas, mas essas estava maravilhosa! Fazia tempo que não comia uma carne tão boa assim… Estou salivando só de lembrar! rs

Jamón Experience Barcelona

Que saudade dessa carne!!!

Os pratos vieram muito bem servidos, fiquei com dó de não conseguir comer tudo… De sobremesa, escolhi uma salada de frutas. Ah, tudo acompanhado de um delicioso vinho!

Loja Jamón Experience

Depois de provar tanto jamón maravilhoso, óbvio que você vai querer levar um pouco para casa! A loja também é aberta ao público e tem uma variedade enorme de jamóns, desde a peça inteira até pacotes pequenos, que podem ser levados no avião ou degustados no hotel mesmo, acompanhado de um bom vinho! Os vendedores estão lá para te ajudar a escolher a melhor opção, pode perguntar à vontade!

Jamón Experience Barcelona

Eu, que já adorava Jamón, saí do Jamón Experience gostando ainda mais! Não vejo a hora de voltar e comer mais dessas delícias! No site do local é possível achar todas as informações sobre museu, degustação, loja e restaurante.

Acompanhe as minhas viagens pelo instagram: @TrendTips!

A visita ao Jamón Experience foi oferecida pelo próprio local, mas a minha opinião e experiências são independentes e totalmente pessoais.

Turismo em Barcelona: Palau de la Musica Catalana!

Mais um passeio em Barcelona inédito para mim: Palau de la Musica Catalana! Agora me pergunto porque não fui vê-lo na minha primeira visita à cidade, o lugar é maravilhoso!!!

Palau de la Musica Catalana

Palau de La Musica Catalana, Barcelona

Fachada Principal

Construído entre 1905 e 1908 pelo arquiteto Lluís Domènech i Montaner para ser a casa do Orfeó Català (uma associação musical) o prédio é um dos mais emblemáticos do movimento modernista. A fachada é incrivelmentedetalhada: cheia de mosaicos e colunas.

Palau de La Musica Catalana, Barcelona

Mas o destaque mesmo fica para a sala principal, que parece uma caixinha de música! O vitral no teto parece um sol: faz com que a luz natural entre na sala toda de maneira mágica.

Palau de La Musica Catalana, Barcelona

O órgão é enorme e está rodeado por estátuas que homenageiam os diversos tipos de músicas e instrumentos.

Palau de La Musica Catalana, Barcelona

Na parte dos espectadores, colunas revestidas de mosaicos completam a decoração. Cada lugar que você olha, descobre um detalhe novo. É impressionante!

Palau de La Musica Catalana, Barcelona

As deusas da música!

Palau de la Musica Catalana – Como visitar

A visita ao espaço só é possível com acompanhamento do guia, então é importante marcar com antecedência através do site. O percurso dura por volta de uma hora e visitamos vários espaços do local, sempre com explicações do guia. Achei que o tour poderia ser um pouco mais longo, com mais tempo disponível para tirar fotos…

Palau de La Musica Catalana, Barcelona

Detalhes do teto!

Apesar que são tantos detalhes que mesmo que passasse o dia inteiro lá, acho que eu não ficaria satisfeita! rs Fiquei encantada pelo vitral no teto e pelos detalhes em mosaicos… É lindo demais!!!

Palau de La Musica Catalana, Barcelona

Detalhes da varanda!

Importante dizer que a entrada é feita pela lateral do prédio, então depois do tour, dê a volta e confira a fantástica fachada principal, onde até a bilheteria merece atenção!

Palau de La Musica Catalana, Barcelona

A entrada para a sala de shows!

Até hoje o espaço funciona como uma casa de shows, recebendo concertos de diversos estilos. Então vale a pena consultar a agenda e comprar ingressos para algum espetáculo.

Palau de La Musica Catalana, Barcelona

Todos os detalhes impressionam!

Eu gostaria muito de ter assistido à um de música clássica, mas infelizmente não tive tempo. Uma ótima desculpa para voltar para Barcelona! rs

Acompanhe as minhas viagens pelo instagram: @TrendTips!

A visita ao Palau de La Musica Catalana foi oferecida pelo próprio local, mas a minha opinião e experiências são independentes e totalmente pessoais.