Trip Tips: Pucón – Chile!

Depois de passar uma semana em Santiago, fui visitar a região dos vulcões! Pucón é uma cidadezinha no sul do Chile, que tem como principal personagem o vulcão Villarrica. Ele pode ser visto de qualquer canto da cidade (claro, se o tempo colaborar / eu peguei dias nublados =/ ) e olha, é impressionante! Frequentada principalmente pelos próprios chilenos, a cidade em si é uma gracinha: cheia de casinhas fofas que abrigam hotéis e restaurantes deliciosos. Ah, ainda tem um lago que forma uma praia de areia preta (vulcânica)!

Pucon-Chile

Vulcão em raro momento de céu azul e praia de areia preta!!!

A alta temporada em Pucón é em janeiro e fevereiro, quando reza a lenda que faz calor na cidade. Fui em dezembro, que já é verão, mas mesmo assim passei muito frio: fazia algo em torno de 5 e 18 graus (sinceramente, para mim parecia que fazia uns  10 negativos! rs). Passei muito frio, já que em Santiago estava um calor do cão e não levei roupa suficiente… Além do esqui (que né, só é possível fazer no inverno), Pucón é conhecida pelos esportes ao ar livre: trekking, jet ski etc. O legal de lá é pegar um carro (de preferência 4×4) e rodar a região atrás de termas, cachoeiras e outros vulcões próximos (tem mais 2!).

Vulcao-Villarrica-pucon-chile

Subimos a pé até aquela pontinha branca, láááá em cima!

Fiquei dois dias por lá e deu para conhecer bastante coisa! No sábado optamos por subir ao vulcão Villarrica, não até o topo, só uma “pequena” caminhada. Subimos um belo pedaço com o carro e caminhamos mais uns 40 minutos (em um frio insuportável, devo dizer) para chegar até um pedacinho de neve restante. A caminhada é dura, venta e faz MUITO frio, mas vale a pena pela vista. Dá para ver todo o lago de lá de cima! Se você quiser subir até a cratera do vulcão, tem que pegar uma excursão com guias e roupas apropriadas. A subida dura em torno de 4h (claro que eu não fui, né? rs).

Salto-del-Carileufu-Pucon-Chile

Depois de congelar no vulcão, seguimos o que o pessoal do hostel nos indicou: fomos conhecer o Salto del Carileufu, um hotel-restaurante lindíssimo que tem por lá. O restaurante só serve 4 pratos, super simples, mas tudo muito caprichado e gostoso e o que é melhor: preços dignos. Foi o melhor ravióli de trufa que já comi na vida!

Regiao-Vulcoes-Sul-Chile

Se eu voltar alguma vez à Pucón, com certeza ficarei hospedada lá, o lugar parece um pedaço do paraíso, juro! No meio do mato, com vários chalezinhos e uma queda pequena de águas cristalinas… Lindo lindo!

Cachoeiras-Praias-Pucon-Chile

Depois do almoço ainda fomos na cachoeira Ojos de Caburga e passamos em duas praias: Playa Negra e Playa Branca. Tudo muito bonito, mas como estava frio, nem deu para aproveitar muito…

Vulcao-Lanin-Argentina

Pessoa com frio na cachoeira e pessoa retardada no meio da estrada (encoberto está o vulcão Lanin)! rs

No domingo, decidimos ir atrás dos outros vulcões… No caminho, passamos por mais uma cachoeira (Tres saltos, se não me engano). Tudo lindo, mas né, com um frio absurdo não deu para aproveitar muito. Só queria voltar para o aquecimento do carro! Rs Depois dirigimos até a divisa com a Argentina, onde é possível ver o vulcão Lanin (que resolveu entrar em erupção uns dias depois que eu saí de lá! Rs). Esse é o maior vulcão da região, enorme e realmente impressionante. Vale muito a pena, mesmo porque a estrada é cheia de vistas lindas!

Restaurante-Cassino-Pucon-Chile

Vinho delícia no La Maga e cara de acabada no cassino!

Na primeira noite, jantamos no La Maga, que serviu um churrasco delicioso. No segundo dia fomos em um japa que eu não lembro o nome e nem recomendo (caro e não era bom). O Cassis é um ótimo lugar para comer também: serve vários lanches e doces, uma delícia! No foursquare, vi que tem alguns barzinhos e pubs pela cidade, mas como curti muito perder dinheiro no Blackjack brincar no Cassino, fui para lá nas duas noites que fiquei na cidade.

Hostel-Frontera-Pucon-Chile

O hostel, a rua do hostel (que dava no lago) e a vista do quarto (com o vulcão encoberto, pra variar! rs)!

Não poderia deixar de mencionar a hospedagem: ficamos no Frontera Pucón Hostel B&B, que na verdade é uma casa bem grande mantida por um casal de brasileiros. O lugar é uma delícia, super limpo, bem localizado, com café da manhã bem ok, sem contar a simpatia dos donos, que nos indicaram vários passeios pela cidade. Se der, pegue o quarto com vista para o vulcão, vale muito a pena! ;)

Adorei Pucón, a cidade é encantadora e deliciosa. Agora, se for para voltar, pretendo fazer isso no inverno para esquiar. Já que é para passar frio, vou passar frio de verdade né! rs Por que sinceramente, duvido muito que mesmo no verão lá faça calor o suficiente para eu querer aproveitar as cachoeiras ou encarar esportes náuticos! Rs

E aí, alguém já foi pra Pucón? Tem mais alguma dica da região?

PS: É só clicar nas fotos que elas aumentam! Se quiser ver os outros posts sobre o Chile, é só clicar aqui!

Ingressos para atrações turísticas e museus com desconto e sem fila! Quer ingressos para as principais atrações turísticas e museus com desconto e ainda pulando a fila? É só clicar aqui ou no banner acima! Comprando através do Trend Tips, você tem vantagens e ainda me ajuda a continuar viajando e trazendo dicas incríveis para vocês! ;)

2 respostas até o momento.

  1. Fui quando era criança e tenho algumas fotos e boas recordações de lá. Em julho agora irei a Santiago, mas creio que para ver neve irei a Chillán, já que tenho casa de um amigo ali para me hospedar.

Deixe seu comentário