Categoria: Museus em Portugal

Como era a vida na Corte? Palácio de Queluz à noite!

Hoje vamos visitar o Palácio Nacional de Queluz à noite! Uma vez por ano, os Parques de Sintra (que administram o palácio) abrem as portas do local depois que o sol se põe para uma noite inesquecível!

Palácio Nacional de Queluz

Construído em 1774 por D. Pedro III, o Palácio Nacional de Queluz foi concebido como uma residência de verão da família real.

Palácio Nacional de Queluz

No entanto, a família real morou aqui por 13 anos antes de partir para o Brasil, e D. Pedro ( IV aqui em Portugal, I no Brasil) morou quando era príncipe regente e depois de voltar do Brasil.

Palácio Nacional de Queluz

Sendo recebida pela corte!

Abertura Noturna do Palácio de Queluz

Quando consegui os bilhetes para a Abertura Noturna do Palácio Nacional de Queluz, já estava radiante só pelo fato de ver o local à noite, com os lustres acesos, dando outro clima aos ambientes. Mal eu sabia que a experiência seria mil vezes mais incrível que isso!

Palácio Nacional de Queluz

Durante este evento, o Palácio ganha vida com atuações de artistas mostrando como era a vida na corte. Figurino, make up, cabelos, música, dança, brincadeiras… Tudo é relembrado aos pormenores!

Palácio Nacional de Queluz

Fiquei encantada por tudo: pela música incrível (tinha até harpa!), pelas danças da época, pelas brincadeiras… O que mais me encantou foi que os artistas não saem dos personagens e ainda sabem muito sobre a história do local e da época! Conversei muito com eles, aprendi e me diverti muito!

Você realmente vive a corte, como se tivesse viajado no tempo… Um verdadeiro paraíso para os amantes de história!

Palácio Nacional de Queluz

Fazendo um lanchinho com meus amigos da realeza!

Palácio Nacional de Queluz – Como Visitar

Visitar o Palácio de Queluz à noite é grátis: basta entrar no site dos Parques de Sintra e se cadastrar. No entanto, você tem que ser rápido, pois os bilhetes são poucos (apenas 2800) e esgotam em questão de minutos! Eu sempre fico de olho na fan page para saber quando abrem as inscrições!

Palácio Nacional de Queluz

Já tem post também do Palácio de Queluz durante o dia, incluindo os lindos jardins. Imperdível!

Se inscrevam no canal do Trend Tips no Youtube para assistirem antes aos vídeos! ;)

Um dia em Belém, Lisboa!

E se eu disser que a Torre de Belém é rodeada de monumentos e outros locais super interessantes? Belém, bairro de Lisboa, tem muito mais que a Torre para oferecer!

Como sei que muita gente só tira um dia para conhecer o bairro onde moro, resolvi fazer um pequeno guia de turismo em Belém, Lisboa! Mas ó, aqui tem muita coisa pra ver, vale voltar no dia seguinte, tá? ;)

Como chegar em Belém, Lisboa

Turismo em Belém, Lisboa, Portugal

Lisboa é uma cidade pequena, mas Belém é relativamente afastado do centro da cidade. Para chegar aqui, basta pegar o elétrico (bonde) 15E, que sai do centro da cidade (Praça da Figueira e passa pela Praça do Comércio). Aí basta descer na parada “Mosteiro dos Jerónimos” e começar o dia de turismo!

Ingressos grátis em Lisboa

Quando gravei o vídeo, a maioria dos monumentos de Lisboa tinha entrada gratuita no primeiro domingo de cada mês. Esta regra mudou e agora muitos museus e monumentos são grátis TODOS os domingos, até às 14h. Sempre bom confirmar no site da atração! E claro, ter paciência com as filas e com a multidão de turistas…

Palácio Nacional da Ajuda

Este é um lugar que muitos turistas não conhecem, pois não fica do lado das outras atrações do bairro. Acho uma pena que muita gente não visite o Palácio Nacional da Ajuda, que já foi residência real e ainda hoje é usado pela presidência. Não se deixe enganar pela fachada simples: por dentro é puro luxo!

Turismo em Belém, Lisboa, Portugal

O palácio está super preservado e tem muitas salas abertas à visitação. É incrível reparar em todos os detalhes de como a realeza vivia: móveis, quadros, tapetes, hobbies e até produtos de beleza! Eu adoro e sempre que posso volto lá!

Picadeiro Real

Turismo em Belém, Lisboa, Portugal

Até 2015, este edifício abrigava o museu dos coches. Agora só tem alguns coches lá dentro, mas a arquitetura luxuosa continua por lá. Pequeno, mas vale a pena entrar e admirar!

Museu dos Coches

Turismo em Belém, Lisboa, Portugal

Para mim, um dos melhores museus do mundo! Reúne dezenas de coches (carruagens) que eram utilizados pela alta sociedade entre os séculos XVI a XIX. É impressionante ver os detalhes que algumas peças tem!

Torre de Belém

Talvez o maior ícone de Portugal, a Torre de Belém é realmente linda e imperdível. Mas imperdível para olhar por fora e tirar muitas fotos. Lá dentro não tem nada demais, sem falar que está sempre lotada e tem fila para tudo: pra entrar, pra ver a parte externa, para subir os andares… Haja paciência!

Mosteiro dos Jerónimos

Também super famoso, e também maravilhoso por fora. Lá dentro não tem muito o que ver… Vale a pena entrar na igreja (que é grátis sempre) e ver os túmulos de Vasco da Gama e Luís de Camões!

Turismo em Belém, Lisboa

Belém tem muito para ser visto, um dia só por aqui é pouco! Algumas outras atrações que valem a pena serem visitadas por aqui:

Centro Cultural de Belém e Museu Coleção Berardo – prºedio moderno que tem cafés e uma excelente vista e um museu incrível de arte moderna, com entrada grátis sempre.

– Maat – Museu de Arte, arquitetura e Tecnologia, com um arquitetura moderna. Abriu em 2016 e a ideia é ter exposições temporárias.

– Museu da Eletricidade – aqui dá para saber como é gerada eletricidade. Passeio bem interessante para crianças!

– Padrão dos Descobrimentos – monumento em homenagem às navegações de Portugal. Confesso que nunca entrei, mas por fora ele é lindo e rende ótimas fotos!

– Museu de Marinha – dividido em dois espaços, esse museu reúne diversas peças sobre as navegações portuguesas. A área com vários barcos é imperdível!

– Museu Nacional de Arqueologia – situado no mesmo prédio do Mosteiro dos Jerónimos, tem uma coleção bem variada que inclui até múmias e várias peças do Egito antigo. A área das jóias é demais!

– Planetário Calouste Gulbenkian – Esse é igual em todo mundo né? Eu adoro, mas confesso que dormi na última vez que fui… #ShameOnMe! hahahahaha

É uma vergonha que eu tenha demorado tanto tempo para fazer um post sobre turismo aqui em Portugal incluindo a Torre de Belém e todo meu bairro amado… Mas né, antes tarde do que nunca! rs Ainda tenho muito para mostrar por aqui, além da Torre de Belém! ;)

Acompanhe as minhas aventuras por Lisboa através do meu Instagram (@TrendTips)!

Van Gogh Alive: Onde as obras do pintor holandês ganham vida!

Aproveitei o sábado nublado aqui em Lisboa para visitar a exposição Van Gogh Alive. Eu, aloka dos museus e fã de arte e Van Gogh, fiquei alucinada quando vi que essa mostra veio pra Lisboa, estava realmente ansiosa pela visita!

Van Gogh Alive – A Experiência

Toda essa minha ansiedade é pq essa não é uma exposição comum. Van Gogh Alive é uma experiência, onde a história do pintor holandês é contada através de seus quadros, que ganham vida!

Ao chegar no local, você passa por um corredor onde tem alguns painéis falando da mostra, depois sobe as escadas e entra na sala onde a magia acontece! A experiência lembra muito um cinema, mas muito mais incrível!

Van Gogh Alive

Nesta sala escura, todas as paredes, incluindo chão e teto, tem projeções de imagens! Cada local conta com uma imagem diferente, que se complementam. Através de seus quadros e frases, você irá percorrer toda a trajetória de Van Gogh!

Van Gogh Alive

Mas não pense que são imagens simples: os quadros vão aparecendo aos poucos, como se eles ganhassem vida ou como se o próprio pintor estivesse ali, pintando na sua frente!

O som deixa a experiência ainda mais real: cada música foi escolhida a dedo e acompanha perfeitamente cada fase de vida do pintor holandês.

Van Gogh Alive

Puffes e bancos estão espalhados pelo local, para que você possa assistir tudo isso de uma maneira bem confortável. É incrível! Uma experiência tão gostosa, que dá pra passar muito tempo ali, aproveitando cada momento, vendo e revendo as projeções, descobrindo detalhes novos sempre!

Van Gogh Alive

É realmente impressionante e para quem é fã de Van Gogh como eu, imperdível! É tão impressionante que confesso que me emocionei… é incrível ver obras de arte que você tanto admira ganhando vida bem na sua frente!

Van Gogh Alive

Van Gogh Alive – Como visitar

A experiência Van Gogh Alive está na Cordoaria Nacional, em Lisboa e fica pelo menos até o fim de agosto. Os bilhetes custam €12 para adultos e tem alguns descontos e packs para famílias. Pode consultar todas as informações no site da mostra.

Van Gogh Alive

Gostou do vídeo? Se inscreva no canal do Trend Tips no Youtube para ver os próximos vlogs antes de todo mundo!

Cidade Gráfica – os antigos neons de Lisboa!

Quem me segue no Instagram (@TrendTips), viu que no domingo fui na Exposição Cidade Gráfica aqui em Lisboa! A mostra é organizada pelo Mude Museu de Moda e Design dentro do projeto Mude fora de portas e reúne diversas peças de publicidade usada nas fachadas da capital de Portugal.

Mesmo para quem não cresceu aqui na cidade (meu caso!) e não lembra de Lisboa cheia de painéis luminosos, a exposição é super interessante, principalmente para quem é das áreas de design e publicidade.

Exposição Cidade Gráfica - MUDE, Lisboa

De forma cronológica, a exposição Cidade Gráfica mostra a evolução da publicidade outdoor nas últimas décadas. Fotos, réplicas de fachadas pintadas, placas, portas, letreiros de metal e claro, neon estão reunidos no local e é incrível ver como as coisas evoluíram! Uma pena saber que os neons estejam perdendo espaço…

Exposição Cidade Gráfica - MUDE, Lisboa

Imagino que para quem tenha crescido em Lisboa seja incrível ver neons super icônicos da cidade reunidos num só lugar. Certeza que marcaram gerações! Mesmo sem lembranças de infância, eu, que adoro um brilho, adorei! rs

Exposição Cidade Gráfica - MUDE, Lisboa

A exposição “Cidade Gráfica: Letreiros e reclames de Lisboa no século XX” fica em cartaz até dia 18 de março, no Convento da Trindade (no Chiado, bem pertinho do Café A Brasileira) e é grátis! Mais informações, no site do museu.

Exposição Cidade Gráfica - MUDE, Lisboa O Mude – Museu do Design e da Moda está fechado para reformas, mas se quiser conhecer o local pode ver o vídeo que fiz logo que cheguei aqui em Lisboa!

Lisboa Romana!

Hoje o passeio é subterrâneo: Galerias Romanas Lisboa! Na Rua da Prata, entramos literalmente pelo bueiro para visitar este local que mostra a Lisboa Romana, com mais de 2 mil anos de história! Não espere ver afrescos romanos nem estátuas: o espaço nada mais é que corredores subterrâneos. O interessante mesmo é a história deste criptopórtico, explicada detalhadamente pelo guia!

Infelizmente as Galerias Romanas Lisboa só abrem para visitação duas vezes por ano, por apenas três dias, geralmente em abril e setembro. Para visitá-las, é necessário reservar os bilhetes online (que esgotam super rápido!), retirá-los antes do dia da visita e pagar 3 euros. Para saber quando a reserva de bilhetes está disponível, é só acessar este site.

Quem não estiver em Lisboa nesses dias, pode (e deve) visitar o Núcleo Arqueológico da Rua dos Correeiros. Bem do lado da entrada para as Galerias Romanas, também na Baixa de Lisboa, este museu fica aberto durante todo o ano e é gratuito! As visitas são sempre acompanhadas de um guia, que explica toda a história do local. Vale reservar antes para garantir o lugar. As escavações deste núcleo contam com partes que datam do século VII a.C!

Eu adorei e recomendo os dois passeios, é incrível quanta história temos bem embaixo dos nossos pés e nem sabemos!