Carnaval do Brasil – Desfilando pela Independente!!!

Esse ano fui participar de verdade do Carnaval do Brasil! Fugi do inverno e fui passar uns dias em São Paulo, minha terra amada que também tem um excelente carnaval, tão bom quanto o do Rio de Janeiro!

Antes mesmo de eu desembarcar no Brasil, uma amiga (Thanks, Julia!) me chamou para desfilar pela Independente, escola de samba da torcida organizada do São paulo FC, meu time do coração! Não deu para negar o convite, né? No domingo de carnaval, estava eu pronta para ir mostrar meu samba no pé, que confesso que é inexistente! rs Dá o play pra conferir:

Como funciona o Carnaval do Brasil

Carnaval do Brasil é coisa séria! As escolas de samba demoram o ano todo para preparar o desfile e competir para ganhar o primeiro lugar. Uma equipe gigante de pessoas faz parte do processo: desde o pessoal que cria o tema, pesquisa sobre o assunto, as costureiras que montam as fantasias, os marceneiros que fazem os carros alegóricos… É muita gente mesmo!

Cada escola de samba escolhe um tema e a partir daí cria um samba enredo (que é o samba tocado durante todo o desfile no Sambódromo) e toda a estrutura do desfile. Escolas do grupo especial chegam a ter 4 mil pessoas desfilando; no caso da Independente, éramos 1.500 na Avenida! Isso sem contar a equipe de apoio: harmonia, pessoas que empurram os carros alegóricos etc.

Carnaval do Brasil

Já fantasiadas, ainda na Quadra da Independente!

No dia do desfile, tudo tem que ser super organizado e cronometrado: as escolas tem tempo certo para cruzar o Sambódromo todo (em torno de 50 e 65 minutos). Durante o desfile, diversos quesitos são analisados pelos jurados: samba enredo, harmonia, bateria, fantasia, alegoria, Mestre-sala e Porta-bandeira…

Tanto em São Paulo quanto no Rio existe o Grupo Especial e o Grupo de Acesso (que é como se fosse a segunda divisão). Todo ano algumas (geralmente duas) escolas  do grupo especial “caem” para o grupo de acesso e algumas do grupo de acesso “sobem” para o grupo Especial.

Importante dizer que Escola de Samba é como time de futebol: você tem a sua desde criança, não vale mudar no meio do caminho! É uma paixão nacional tão grande como o futebol, então levamos à sério, sofremos e torcemos pela nossa escola!

Como desfilar no Carnaval do Brasil

O certo mesmo é durante o ano participar dos ensaios nas quadras das escolas. Estes ensaios são festas onde a comunidade da escola de samba treina o samba enredo e aproveita para se divertir, claro. Eles acontecem durante todo o ano e mesmo não tendo as fantasias, vale muito a pena ir para conhecer!

Mas se você também não mora no Brasil, deve entrar em contato com as Escolas de Samba e ver a possibilidade de desfilar. Aqui alguns links que podem te ajudar: Liga das Escolas de Samba de São Paulo e Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro.

A maioria das escolas aceita pessoas de fora da comunidade, então você paga pela fantasia e no dia do desfile basta estar na concentração na hora estipulada. Nestes casos, é mais provável que você desfile no chão, não em um carro alegórico (geralmente reservado para as pessoas da própria escola de samba, que estão sempre presentes nos ensaios durante o ano).

Carnaval do Brasil

Croqui de Make up!

Precisa Sambar? Não, não precisa. Mesmo pq, com tudo aquilo de fantasia fica realmente difícil se mexer muito. As mulheres que vocês vem lindas desfilando todas sensuais são passistas, participam da escola desde que nasceram praticamente e obviamente, sabem sambar muito bem. Quem sabe um dia eu chego lá? rs

Agora uma cosia que precisa é saber cantar o samba enredo! Como já disse antes, as escolas são julgadas durante todo o tempo que estão na avenida, e os juízes olham se os integrantes das escolas sabem o samba. Fiquem tranquilos: é fácil decorar o samba enredo direto na avenida… E se não decorar, é só mexer a boca e fingir! rs

Como é desfilar no Carnaval do Brasil

Como vocês viram no vídeo, é suuuuper cansativo! Cheguei na quadra da escola de samba às 6 da tarde e o desfile só terminou à 1h30 da manhã! Fazer xixi, beber água, comer, é tudo quase impossível. Beber até cair? Nem pensar! Você tem que estar sóbrio pra desfilar e não prejudicar a escola! A fantasia pode machucar e incomodar, o sapato geralmente não é seu número (calço 37 e minha bota era 40!)… Tem que ter pique e muuuuuuuita paciência!

Carnaval do Brasil

Prontas para subir no carro alegórico!

Mas na hora que a bateria começa a tocar e entramos na avenida, o cansaço todo desaparece! A energia é tão incrível que faz todo o sacrifício valer a pena! Não dá para descrever a emoção é é ouvir a bateria, ver os outros integrantes da escola cantando o samba enredo, acenar para o público do sambódromo… É maravilhoso!

Carnaval do Brasil

Já em cima do carro alegórico do Pinóquio!

Alguns dias depois, quando recebia notícia que a Independente tinha ficado em segundo lugar e subido para o Grupo Especial, quase chorei de emoção! Infelizmente não consegui ir no Desfile das Campeãs, que reúne as primeiras colocadas do Grupo de Acesso e do Grupo Especial.

Agora quero muito voltar em 2018 para desfilar pela Escola de novo! Será que eu consigo?

Deixe seu comentário