Search Results for: pipa

Trip Tips: Pipa – RN (parte 2)!

Semana passada, falei sobre os meus primeiros dias em Pipa. Hoje vou falar sobre mais alguns passeios, o hotel que fiquei e os restaurantes que fui!

Santuario-Ecologico-Pipa-RN

No penúltimo dia em Pipa foi a vez de visitar o Santuário Ecológico, que tem várias trilhas, com mirantes para ver golfinhos e tartarugas. Pegamos a trilha mais simples, que dá para fazer numa boa, em bem menos de uma hora. Agora, o ponto alto do passeio foi o Chiquinho: um sagui deficiente que foi adotado pela equipe do Santuário e fica na recepção. O Chiquinho é a coisa mais fofa do mundo, super dengoso, adora um cafuné! Se forem lá, não deixem de perguntar por ele na recepção! ;)

Praia-do-centro-pipa-rn

No mesmo dia, almoçamos no centrinho de Pipa (já que só conhecíamos a “cidade”) à noite, passamos na Praia do Centro e depois seguimos novamente para a Praia do Madeiro. No Santuário tem uma base do Projeto Tamar e vi que no mesmo dia teria a soltura de filhotes de tartaruga. Jamais perderia esse momento! Então, no final do dia, o pessoal do Tamar aparece, faz um cercadinho para as tartarugas e libera todos os filhotinhos, muito amor!

Soltura-tartarugas-projeto-tamar-pipa-rn

Não vi o ninho, já que neste dia eles tinham resgatado os filhotes de um ninho que estava em outra praia (por isso o isopor), mas na maioria das vezes dá para ver as tartaruginhas saindo dos ovos! Sou apaixonada por tartarugas e a emoção que senti ao vê-las indo para água foi indescritível! Muito, muito amor! Agora, sempre que estiver perto de um projeto Tamar, vou verificar se haverá a soltura de filhotes, quero ver mais vezes!!! #ficadica ;)

Golfinhos-paia-de-pipa-rn

Já no último dia, optamos por pegar o passeio de lancha que sai da Praia do Centro para ver (mais) golfinhos (não consigo enjoar deles!). Esse foi o maior erro da viagem! Rs Eu enjôo muito, em carro, avião, barco, tudo… Então, né, deu 15 minutos de passeio e eu já estava passando mal… Uma pena, por que de lancha dá para ver os golfinhos bem de perto! Pelo menos mamys estava bem e tirou várias fotos deles! Rs

Hotel-Varandas-mar-de-pipa-rn

Sobre acomodação: fiquei hospedada no Varandas Mar de Pipa, um condomínio com vários chalés com uma vista incrível do mar. A vista era linda, a equipe super atenciosa (a recepcionista Jéssica foi um amor!) mas muitas coisas deixaram a desejar. O café da manhã era simples, um dos chuveiros do chalé não funcionava direito e o pior de tudo para mim: era “longe” do centrinho. O hotel até oferece taxi em alguns horários determinados, mas acabamos gastando muito com táxi para ir jantar e voltar. Lá em Pipa não tem taxímetro, o preço é fechado em R$ 15 por viagem (um absurdo considerando que as distâncias são mínimas). Se forem para lá, escolhem um hotel que fique na rua do centrinho mesmo, bem mais fácil para tudo! Ah, e nem de longe paguei o valor que está no site deles, porque aí não vale a pena mesmo, caro demais!

Vista do Espaço Lampião, lula do mesmo restaurante e carne do Dall’italiano!

Como boa #gordinhasafada, não poderia deixar de mencionar a comida de Pipa! Gente, tudo, absolutamente tudo o que eu comi por lá era incrível! E o melhor: por preços bem acessíveis. Desde peixe, todos os frutos do mar, lagosta, carne, crepe… Tudo era muito bom! Fui dois dias no Espaço Lampião, que pelo que percebi é o restaurante mais top de lá e gostei, mas também não vi nada de mais (fora que é bem carinho, vale mais pela vista durante o dia)! Gostei muito das creperias Aruman (com jeito de baladinha) e Fases da Lua (bem simplesinha, mas deliciosa), da churrascaria Pé de Manga e da pizzaria Dall’italiano (que vende muito mais que pizzas). Pode ir explorando a ruazinha central sem medo, e entrar no restaurante que você mais simpatizar!

Como andava o dia todo, de noite eu só queria comer e dormir, então nem fui para “balada” por lá… #velha rs Mas vi que tem vários barzinhos incríveis e até uma baladinha mesmo. Vou ter que voltar para conhecer a noite de Pipa!

Para finalizar o post, um vídeo rapidinho com os melhores momentos da viagem, incluindo meu tombo fazendo sandboard e momentos de puro enjoo tentando ver os golfinhos!!! rs

Acredito que existam alguns paraísos na Terra, e um deles, definitivamente é Pipa! Lugar lindo, aconchegante, com praias incríveis e o melhor de tudo: golfinhos e tartarugas!!! <3 Já estou louca para voltar!!!

PS: É só clicar nas fotos que elas aumentam! Se quiser ver o outro post sobre Pipa, é só clicar aqui!

Trip Tips: Pipa – RN!

Quem me acompanha pelo Instagram, viu que em junho tirei umas mini-férias com mamys. Passamos uma semana em Pipa, e confesso que decidi o destino baseada em uma única ideia: ver golfinhos! Rs E assim decidi meu primeiro passeio por lá!

Passeio-de-balsa-lagoa-dos-guarairas-pipa

Logo cedo, a van passou para nos pegar no hotel para passear pela lagoa das Guaraíras a bordo da “escuna” Solemio. Coloco escuna entre aspas porque no flyer (e no site) do passeio da foto era de uma escuna, mas na verdade o passeio é feito em uma balsa! O passeio dura o dia todo e é delicioso: música animada, tripulação super simpática, parada nos bancos de areia com direito a espetinhos e bebidas servidos no mar! Tudo já incluso no preço (R$ 135 por pessoa)! #gordinhasafada que sou, adorei né! rs Em uma das paradas, ainda dá para comer ostras frequinhas, uma delícia (pagas à parte)!

por-do-sol-lagoa-das-Guaraíras-pipa

No final do dia, vimos o pôr-do-sol (lindo!!!) de dentro da lagoa, onde os golfinhos costumam nadar. Não dei muita sorte, já que  apareceram só dois, quando já estava bem escuro… Mesmo assim, foi lindo vê-los!!! <3

Praia-do-madeiro-pipa

Como não dei sorte no dia anterior, passei o dia seguinte inteirinho na Praia do Madeiro, onde os golfinhos são visitas constantes! Lá ficamos na Barraca do Jegue, que tem guarda sol e cadeiras para quem consumir por lá. Vale dizer que a comida estava bem gostosa! Só depois que descobri que ficando mais para a direita, dá para ver melhor os golfinhos (eles preferem águas bem calminhas!). No outro dia que fui para lá, enquanto estava nadando no raso, um golfinho passou há menos de 4 metros de mim, chorei de emoção, juro! <3 <3 <3 Só que é praticamente impossível fotografá-los, uma pena… Nessa praia ainda é possível praticar vários esportes: caiaque, stand up paddle, surfe… Tem tudo para alugar lá! Eu preferi ficar deitada observando os golfinhos mesmo, de esporte já me bastou a escada de acesso à praia com mais de 150 degraus (atentem para minha cara de animada para subir tudo)! rs

Passeio-de-buggy-pipa-natal-rn

No terceiro dia, fizemos o passeio que eu menos gostei: de buggy (em torno de R$ 500 o buggy para até 4 pessoas – bem apertadas! Rs), fomos pela orla até Genipabu (perto de Natal). Todos os lugares que passamos eram lindos, mas é muito cruel andar de buggy, conforto zero… O buggy só é legal nas dunas mesmo, fora delas é um terror. Quem for arriscar o passeio, fica a dica: vá de roupa bem larguinha e muito protetor solar. O carro é aberto e não rola ficar de biquíni, já que a areia bate na pele e dói muito! Fui de shorts jeans e tive que comprar uma saída de praia no Maior Cajueiro do Mundo (que é impressionante, mas não precisa passar mais que 10 minutos por lá!)… rs Aceitem meu conselho: peguem o city tour com algum taxista de Pipa mesmo, que ele vai parando em todos os lugares que você quiser e deixem para pegar o buggy só nas dunas, em algum passeio de 1 hora… Certeza que vai ser bem melhor e menos cansativo!

Passeio-de-jardineira-pipa-rn

No dia seguinte, fizemos o passeio de Jardineira (R$ 95 por pessoa, almoço não incluso) o meu preferido de toda a viagem (e olha que nem vi golfinhos nesse dia! #obcecada rs)! Ao contrário do buggy, fomos em direção ao sul, começando pelo Chapadão e passando por várias praias, uma mais incrível que a outra. O passeio é super completo: pegamos uma balsa para atravessar um riozinho, depois ainda tem uma jangada para ir para uma praia super deserta, parada para almoço e no final do dia, esquibunda/sandboard (no próximo post tem vídeo do rola que tomei! Rs)!

Sandboard-pipa-rn

Depois de ficar a milanesa, ainda fomos para um barzinho na lagoa das Guaraíras para tomar uma cerveja ducha e ver mais um pôr-do-sol incrível! O guia Eduardo é um carioca super gente boa, a turma que estava no passeio também era incrível, tudo perfeito! Recomendo muito o passeio!

Ufa, o post ficou enorme… Ainda tem mais, mas deixo para outro post, que ainda vai ter um vídeo com os “melhores momentos” da viagem! ;)

PS: É só clicar nas fotos que elas aumentam!

 

Golfinhos em Setúbal!

Depois de conhecer a Praia dos Galapinhos, realizei outro sonho: ver golfinhos em Setúbal! Desde que me mudei para Lisboa, queria fazer um passeio de barco para vê-los, mas só agora consegui embarcar no catamarã da Vertigem Azul para navegar pelo Estuário do Sado.

Golfinhos no Rio Sado

Os Golfinhos da região do Estuário do Rio Sado formam uma das poucas comunidades com residência fixa no mundo. Isto significa que os golfinhos roazes “moram” por ali, entre Setúbal, Troia e Comporta, basicamente. Assim, a comunidade é protegida e alvo de diversos estudos para ajudar a manter e crescer o número de golfinhos na região.

Golfinhos em Setúbal

Como Ver os Golfinhos em Setúbal

Acredito que das praias de Comporta e Troia, com sorte, seja possível ver os golfinhos de Setúbal. Mas, a maneira mais certeira de vê-los é realmente pegando um passeio de barco e navegando pelos mares calmos da região do Estuário do Sado.

O passeio é uma delícia e super calmo, mas na hora que os golfinhos aparecem, ninguém no barco consegue conter a emoção: suspiros e gritinhos por todos os lados, sorrisos que não cabem no rosto!

Golfinhos em Setúbal

Como eu já tinha visto golfinhos na Praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, achei que dessa vez não fosse me emocionar tanto… Vocês viram no vídeo: eu estava errada! rs Quando os primeiros golfinhos apareceram, eu comecei a chorar feito criança! É lindo demais vê-los ali em volta do barco, saltando, brincando, parece até que se exibindo para gente. É mágico! E acho que toda vez que eu ver golfinhos, ficarei assim, toda boba… rs

Passeio de Barco em Setúbal – Golfinhos

Golfinhos em Setúbal

O passeio de Barco pelo Estuário do Sado é uma delícia: vista incrível para as praias da região e para a Serra da Arrábida, num mar azul lindo e calmo! O passeio tem uma duração de 3 horas e você pode pegar o barco em Setúbal ou Troia. Com a Vertigem Azul, fui de cataram, que são aqueles barcos mais largos embaixo. Achei a melhor opção: eu costumo enjoar em barcos e nesse passeio não senti nada, só aproveite a vista!

Golfinhos em Setúbal

Além disso, o pessoal da Vertigem Azul acompanha os golfinhos já há muitos anos; a “proximidade” é tanta que eles reconhecem cada um dos animais pela barbatana! Muito mais do que uma empresa que faz passeios turísticos, eles reúnem dados sobre cada um dos animais, tipo de comportamento, se alguma fêmea está prenha etc. Além do estudo, diversas regras tem que ser seguidas durante a observação de golfinhos, justamente para não perturba-los e e assim ajudar a comunidade a voltar a crescer!

Golfinhos em Setúbal

Também por conta dessa proximidade toda, eles sabem justamente aonde procurar os golfinhos: a rota do passeio de barco pode variar conformo o local onde os golfinhos estão. O mais incrível? Quase nunca falha: em 98% dos passeios, os golfinhos aparecem! Portanto, quando forem pra Setúbal ou Troia, não deixem de fazer o passeio de barco com a Vertigem Azul!

Eu amei ver os Golfinhos em Setúbal e já quero voltar!!! <3

Acompanhe as minhas viagens pelo instagram: @TrendTips!

O passeio de barco foi oferecido pela Vertigem Azul, mas a a minha opinião e experiências são independentes e totalmente pessoais. Em Setúbal, fiquei hospedada no Hostel de Pedra e Sal.

Look da Luli: Cropped e Tênis!

Confesso que nem ia fotografar esse look, pois achei ele um pouco estranho. No entanto, como recebi vários elogios no dia, achei que valia o registro! #MeAchando rs

Fui assim à pré-venda da coleção Pat Bo Barbie para C&A e escolhi o tênis porque já estava com os pés machucados de outros sapatos. Aí que para dar um contraste (e não parecer que eu saí com a roupa mais confortável sem pensar no look), acabei optando por uma roupa bem feminina: saia rodada e cropped. Tudo em P&B, pois as peças já tinham muita informação (estampa, renda etc). O resultado foi esse abaixo!

Look-do-dia-cropped Top: Marisa (ele já apareceu em outros looks aqui: com shorts e calça!)

Saia: Luigi Bertolli

Tênis: Adidas

Bolsa: Coach (melhor investimento, uso direto, como vocês já perceberam! rs)

Pulseiras: todas de viagem! rs Tem da Sanrio comprada em NY, peças artesanais compradas em Pipa e a com meu nome que veio de Buenos Aires.

E claro que a criança aqui ia se divertir com os balões do evento, né? rs

Look do dia Cropped

Fotos: Camilla Carvalho – Mademoiselle Paris

Desfile Havaianas por Inteiro!

A Havaianas quer dominar o mundo! rs Depois de expandir sua coleção para alpargatas e acessórios, a marca famosa pelos chinelos de dedo acaba de lançar uma coleção de vestuário: Havaianas por inteiro! A novidade foi apresentada ontem, em um desfile-performance ontem no Parque Ibirapuera, em São Paulo, com direito até a repente declamado pelo ator Domingos Montagner. Mas vamos falar de roupa que é o que nos interessa, né? rs

Desfile-Havaianas A coleção chega bem completa: são cerca de 500 itens entre peças masculinas, femininas. Tem bolsas, blusas, saias, calças, vestidos e até biquinis! Tudo bem clean, simples e descomplicado, seguindo o lifestyle da Havaianas.

Roupas-havaianas Em sua maioria, as peças são bem larguinhas, com cara de homewear estilosa. Tudo tem cara de “férias”: looks perfeitos para um domingo preguiçoso, um dia na praia e também para aqueles passeios mais casuais.

Estampas-roupas-havaianas As estampas me ganharam: a combinação de cores está lindíssima! Segundo release, “As estampas retratam um olhar original sobre ícones de felicidade e bem estar do povo brasileiro como guarda-sol, Rio de Janeiro, pipa, rede e ondas do mar. Os traços foram inspirados em obras de arte brasileiras dos períodos modernista e neoconcretista”. E é bem isso mesmo: a coleção tem muito de Brasil, sem ser literal ou caricato!

Havaianas-por-inteiro Tudo leve, descontraído e alegre, como nosso país!

As peças serão vendidas nas lojas próprias da Havaianas (R. Oscar Freire e Shopping Iguatemi, em São Paulo, e no Leblon, no Rio), com preços entre R$ 49 (regata) e R$ 250 (calça de linho).

Tem mais fotos lá na fan page do Trend Tips!